Aniversários em pencas

Porque esse pessoal aqui do Accio tem mania de fazer aniversário tudo amontoado! rs

Ontem, 26/06, foi o dia dos nossos queridos Diego (Seifer) e Thiago (Henry).

E hoje é o dia do meu big bro, o Daigo (Bill)!

É verdade que o Dih não escolheu até hoje uma data de aniversário para o pobre Seifer, e que o Thi deu outra data de níver ao Henry, mas deixa quieto! :P

Meninos, feliz aniversário! Tudo de mágico para vocês!

meninos_aniversariantes

 

E né, e não menos importante, ontem também foi o aniversário da Zoreinha! 8D Não da Dani, a mãe dela, mas da Zô mesmo. :) Festa para todos!

arwen_Quidditch_Pitch_by_Firewhisky_Black

Dia 12/05 deixei passar batido o aniversário da Fab… Mas né, depois faço um update aqui e insiro a dollzinha dela também, eis aqui uma dollzinha de happy birthday para ela!

Fabian_Ginny_Weasley_ver_2_by_moutarde

É isso aí! Espero que vocês tenham aproveitado muito o dia de vocês, curtido bastante e que tudo de bom aconteça pra vocês nesse novo ciclo. :D

10 anos!

É isso aí! Há 10 anos foi ao ar o nosso primeiro modesto post.

Foram muitas idas e vindas, ficamos uma eternidade fora do ar, e mesmo agora que estamos on line outra vez, estamos só engatinhando. Mas o propósito hoje é estar aqui para quem quiser ler e escrever. Não há obrigação, nem prazos, nem nada, apenas o prazer de aparecer sempre que der na telha.

Para comemorar esse dia memorável, nada mais justo que colocar no ar o nosso primeiro layout, o mais divertido e o mais cara de Accio até hoje: o primeirão feito pelo nosso Daigo, ou Bill MacMillan para os accianos de plantão. Aquele layout que materializou nossa crise de riso durante a madrugada, enquanto ele, meu irmão, lia Harry Potter e a Ordem da Fênix e eu preparava planos de aula para os meus alunos da faculdade, e que virou a maior viagem na maionese dos blogs potterianos daquela época.

Hoje é dia de festa, bolo de caldeirão, suco de abóbra, sapos de chocolate e muita cerveja amanteigada. É dia de enfeitar a Sala Precisa (quem lembra?) e fazer montinho nos amigos, porque dez anos são dez anos.

Primeiro layout: aqui.

Happy Accio pra nós!

accio 10 anos

 

Update – Galeria das fantasias:

Novos rapazes no elenco principal

Daryl e Chris, na verdade, eram personagens secundários, mas ganharam papel de destaque na nossa nova versão.

newchris newdaryl

E uma nova doll para mim! rs

arwen2013

Aos poucos, vou trocando as dolls de todo mundo. Dá um trabalho danado e ainda por cima, tô super enferrujada! Mas vai dar certo, paciência e muita calma nessa hora! rs

Accio’s Brega Party – The Begin

accio's brega party

Um senhor vestido com um terno laranja, uma blusa de bolinhas, uma gravata vermelha e um girassol amarelo abre a porta do grande salão de Hogwarts.

Todos os que ali se encontram viram para olhar aquela figura única que está com o cabelo coberto de gel e um óculos escuros estilo aviador.

Ele para em frente à porta e começar a falar para o grande público, com uma voz meio fanha.

– Era uma vez, há muito, muito tempo, numa galáxia muito distante, um grupo de alunos que tinham suas… Peculiaridades…

– Ei, o que ele quer dizer com peculiaridades?! – Alexis revoltada ameaçava sair de onde estavam os aniversariantes – a última fileira de cadeiras dispostas como num teatro – para averiguar com o apresentador o que ele estaria insinuando.

– Volta para cá ou você vai estragar tudo! – Arwen e Dani seguraram a amiga – Ninguém viu a gente aqui no fundo ainda!

– E o grupo hoje presente foi se formando ao longo de 3 anos. Alguns saindo no meio do caminho e outros entrando. As famosas viagens na maionese aumentando e diminuindo, conforme a loucura de seus escritores. Muitos do que estão aqui presentes concordam que são sempre viagens únicas à lua.

Para a surpresa do locutor não foram muitos que concordaram, mas todos os que estavam no salão. Ele ia abrir a boca quando ouviu ao longe uma voz feminina gritar.

– Para de falar e deixa o pessoal entrar! – uma lufana de trajes, no mínimo, interessantes, chamava a atenção, na porta entreaberta do salão – Para de falar e deixa o pessoal entrar!

– Shhhh Sam! É muita cara de pau você fazer isso aqui. Nos mata de vergonha… – Mina escondia o rosto entre as mãos – Já não bastasse ter que vir vestida assim…

– Ah, generalíssima, ela tá certa. DEIXA O PESSOAL ENTRAR!!! – Lore McGuire berrou e foi acompanhada por várias pessoas que se encontravam presentes, dentro e fora do salão.

– ACCIO! ACCIO! ACCIO! ACCIO! ACCIO!

O grito começou com a Máfia do Expresso Hogwarts, mas em poucos segundos se espalhou. Todos alunos batiam na mesa e gritavam pedindo que os alunos entrassem. Afinal, estavam todos vestidos com roupas bregas e se iam pagar mico que pelo menos fosse junto com os autores da idéia, que estavam postados escondidos nos fundos do salão.

Dando-se por vencido, o locutor / narrador / apresentador anunciou:

– Bem, já que a pagação de mico é geral e inafiançável, comecemos então! Vamos convidar os professores dessa renomada instituição para compor a mesa central.

Os presentes, alunos tradicionais de Hogwarts que não sabiam exatamente o que os esperavam além da festa de aniversário do Accio, começaram uma salva de palmas, assovios e uma tremenda gritaria.

A algazarra parou quando viram o diretor Dumbledore entrar. O silêncio não foi pelo respeito que todos têm por ele, mas pela surpresa ao ver o seu traje: seu calção laranja de bolinha roxa. O mesmo que ele costumava usar em tardes ensolaradas nos finais de semana, quando se banhava no lago. Todos os presentes faziam a mesma coisa: seguravam suas risadas. Alguns conseguiam, outros mordiam qualquer coisa que conseguissem.

O controle de todos acabou quando Snape entrou no salão e a gargalhada foi geral. Ele usava uma tradicional roupa trouxa: uma calça bege, com uma blusa pólo azul clarinha e um casaco bege amarrado nas costas. Os detalhes do conjunto eram o suspensório branco com a pochete na mesma cor. O professor tentou fazer com que a platéia se calasse, mas viu que sua autoridade foi embora com sua roupa tradicional – e de gosto duvidoso.

Um a um todos os professores de Hogwarts foram entrando e aceitando que os alunos que lá estavam riam das suas roupas (deles também, mas quem vai falar isso para a McGonagall?). Aos poucos, eles foram tomando seus lugares à mesa.

Um silêncio súbito foi provocado pela visão das três Marotas mais famosas do mundo mágico, que passaram pela porta, dando entrada a todos os outros accianos. Não que suas roupas fossem sérias, mas Alexis apontava a varinha para todos, esperando que alguém ousasse rir dela. Sabia que estava ridícula e que esse era o propósito, mas precisava manter íntegra sua fama de Irritadinha.

Todos se sentaram em suas cadeiras, de frente para o auditório improvisado, e olharam para o locutor que antes estava na porta, e naquele momento postava-se no meio do palco.

Depois de um breve silêncio, a figura esdrúxula que apresentava a festa deu início às festividades. Após um breve comentário dos professores, a palavra foi passada para a oradora da turma, vestida num simpático traje que a deixava praticamente um mini-clone de Sibila Trelawney. Arwen Potter pegou o microfone, meio encabulada. Sentia seu coração disparado e um ligeiro nó na garganta. Afinal, estava ali para dizer o que significavam pra ela os 36 meses de existência daquela turma de loucos, mesmo com todas as idas e vindas, dificuldades, ausências, crises de inspiração e identidade, problemas com o servidor, perda da senha de e-mails e afins. Estava ali para dizer que graças àquela maionese viajante sem noção, ela conhecera pessoas maravilhosas, que estariam para sempre com ela, não importa o rumo que a vida tomasse dali por diante. E também para dizer o quanto cada um dos membros, ex-integrantes, leitores, comentantes ou simplesmente visitantes esporádicos eram importantes e queridos para ela e para o resto da turma. Com a voz embargada, parou o discurso entre uma salva de palmas, antes que abrisse o berreiro borrando a maquiagem breguérrima, passando o microfone novamente para o sujeito estranho que arranjaram pra dirigir a festa.

– Já que estamos aqui pra comer, beber e nos divertir, chega de discursos e vamos para a badalação, pra ninguém dormir aqui ou morrer de fome. Então, meus caros, vamos dar início à nossa valsa! Pares a postos? – e aguardou os accianos se postarem na pista de dança, cada um com seu par oficial – No três, comecem a rebolar! 1, 2… TRÊS!

Para surpresa de todos, não veio nenhum Danúbio Azul, ou qualquer outra peça de Vivaldi, mas um clássico dele mesmo, o famoso Falcão. Os membros do Accio não sabiam se riam ou se dançavam, tamanho o disparate da música enquanto, empolgadíssimo, o rei do brega cantava a plenos pulmões:

“No alto daquele cume, plantei uma roseira
O vento no cume bate, a rosa no cume cheira”

A troca de olhares aconteceu junto com sorriso (gargalhadas) de muitos. Gabe ria bastante da cena, junto com Selina que não agüentava e segurava a barriga de tanto rir. Quando entrara para o blog, a sonserina não sabia que sempre seria tão cômico. Fabian fazia coro aos amigos, junto com Seifer.

“Quando vem a chuva fina, salpicos no cume caem
formigas no cume entram, abelhas no cume saem”

As três fundadoras olharam de soslaio pra o outro fundador enquanto dançavam, que escondia o rosto. Eles eram responsáveis pela festa e o mínimo de dignidade era esperado, pelo menos o mínimo. Bill não se conteve e caiu na risada enquanto tentava arrastar uma Julianne molenga de tanto gargalhar. As Marotas deram os ombros, se não se podia vencê-los… Afinal, e quem queria vencer alguém? Queriam mais era bagunça mesmo! Logo as três continuavam dançando (ou tentando dançar) aquela música estranha.

Vendo ao longe uma sonserina vestida de pavão chique, com cabelos azuis e óculos escuros parada rindo enquanto o povo se acabava, Arwen pediu licença a Josh, seu par de dança e foi rapidamente até a Selina, puxando-a pela mão.

“Quando vem a chuva grossa, a água do cume desce
o barro do cume escorre, o mato no cume cresce”

– Tá maluca? Nem sei como dançar isso.

– Você não tem escolha, é a Rainha de Paus do baralho acciano e por isso tem que nos ajudar. Está no contrato que você assinou. – E piscou os olhos marotamente. – Venha ou eu mando cortar-lhe a cabeça!

– As malditas letras miúdas… Não se pode confiar em grifinórias… Ainda mais quando uma delas é a Rainha de Copas…

– Grifinórias, uma corvinal e Marotas! Agora vem e para de resmungar.

Aos poucos os convidados foram tomando a pista. Gente do mundo trouxa, do mundo bruxo, dos blogs amigos de fanfic… Todos unidos num só coro, dançando e cantarolando aquela coisa que os trouxas chamavam de música brega.

“Então quando cessa a chuva, no cume volta a alegria
Pois volta a brilhar de novo o sol que no cume ardiaaa…”

 

* A valsa da festa é O Cume, do Falcão.

*********

* Quer participar da festa? Mande sua fic contando como foi a festa pra você! ^^
* As dolls candidatas estarão espostas no Accio Dolls. Clique AQUI para conferir e votar!
* Quer ouvir a música da “valsa”? Clique AQUI.
* Mais tarde, fotos da festa!!!
* E a nossa comemoração vai durar até o final do mês! (nem rave é assim XD). Divirtam-se!!!

E estamos esperando sua participção na festa! Inté!

Feitiço conjurado por Arwen Lórien Potter às 17:26 h